[ editar artigo]

Passeios em Jericoacoara

Passeios em Jericoacoara

O mês é julho, o sol está se pondo, no meio de uma grande pedra o sol calmamente adormece, parece um sonho, não é? Parece, mas na verdade é Jericoacoara!

Jericoacoara é um dos lugares mais lindos que já conheci e a cada vez que vou descubro coisas novas. Na verdade, não falta o que conhecer e os passeios em Jericoacoara são tantos que, na primeira vez que fui, fiquei indeciso com tanta opção. 

Indecisão é a palavra que define estar hospedado em um canto com tantas belezas. Pensando nisso, decidi dar algumas dicas do que fazer ao chegar a Jericoacoara, mas vou ser sincero, não conheço tudo e, na verdade, eu acho ótimo, porque tenho motivo para visitar mais vezes.

vila de jericoacoara Turismo Online

Onde fica?

A primeira vez que ouvi falar de Jericoacoara eu não tinha a menor ideia de onde era, mas quando me falaram das paisagens, dos passeios e da vila, eu tive certeza que eu tinha que conhecer. Mas, calma, vou facilitar sua vida e apresentar o espaço. 

Jericoacoara fica no estado do Ceará, a 283 quilômetros de Fortaleza, na cidade de Jijoca de Jericoacoara. Antigamente ela era somente uma vila de pescadores, cheia de belezas naturais, mas hoje é um centro turístico, mas, diferente desses locais super equipados, a vila possui um gostinho nostálgico.

Como chegar?

Vai depender do local que você vem e do ânimo que você está para curtir a viagem. No município vizinho, Cruz, tem o aeroporto Comandante Ariston Pessoa, mas todo mundo chama aeroporto “de Jericoacoara”, ele fica a cerca de 30 km da vila, só tem duas opções de voo: a GOL (às 12:30) e a Azul (às 16:00). Ir de avião é bem menos cansativo.

Do aeroporto até a vila você tem que fazer um trecho de viagem, você pode escolher entre um carro particular (4x4), cerca de R$80 por pessoa, ou a Jardineira que é tipo um táxi coletivo, cerca de R$50 por pessoa. Como eu sou bicho grilo, preferi ir de Jardineira que já cria uma sensação diferente.

Se você quer dar uma economizada e está disposto, você pode ir de ônibus, ver as paisagens ou tirar um cochilo. Demora cerca de 6 horas, dá para economizar no trecho e investir nos passeios em Jericoacoara.   

De Fortaleza até Jericoacoara

Isto merece um tópico especial, pois tem três formas diferentes de chegar lá por Fortaleza, na primeira vez que fui assim fiquei bem em dúvida na melhor opção. Você pode ir de ônibus + jardineira (R$90) ou de Van + Jardineira (100), se você for bom de lábia pode até dar uma pechinchada.

A terceira opção é a mais confortável que é o transfer, que basicamente é um carro particular 4x4, cabe até cinco pessoas. Tem um gostinho mais salgado, ida e volta por cerca de R$1.900, mas você ganha em conforto e tempo, pois consegue chegar em apenas 4 horas na vila.

Tipos de transporte

As ruas da vila não são urbanizadas, são todas de terra, por isso e, pensando na preservação, só roda dentro da vila carros autorizados, ou seja, nem pense em ir de carro próprio, pois vai ter que pagar o estacionamento diário e não vai poder usá-lo para conhecer a região. 

Para realizar os passeios em Jericoacoara existem alguns tipos de transporte permitido, claro você pode fazer muitos percursos a pé, mas para as regiões mais distantes o ideal é alugar um transporte. 

Marcelo Brandão Cardilo

Os meios de transportes liberados:

Buggy: sai por cerca de R$320, o passeio, e dá para até 4 pessoas. Esta opção é boa se você vai com família ou amigos, pois dá para dividir os valores e, provavelmente, vocês já fizeram um roteiro de passeio.

Quadriciclo: sai por cerca de R$450, o passeio, neste caso você dirige, tem a opção de levar alguém na garupa e tem a companhia de um guia. Se você é mais aventureiro indico esta opção.

Jardineira: sai por cerca de R$50, o passeio, você vai dividir a viagem com mais 9 pessoas, ideal se você gosta de interagir e quer economizar.

Normalmente, eu gosto desta opção, pois prefiro investir em mais dias e mais opções. A desvantagem é que, às vezes, ela demora e você pode acabar perdendo um tempo precioso. 

Hospedagem

Existem várias opções de hospedagem, no geral, você pode marcar tudo pelo Booking ou Airbnb, sai em média de R$170, a diária, mas fique atento, pois escolher a região da vila é importante, a depender do seu estilo.

Por exemplo, os espaços na Rua Principal saem mais em conta, inclusive facilita, pois concentra o comércio local.

Já as hospedagens próximas a praia tem uma vista mais bonita, só que a noite pode ser um problema para quem tem sono leve ou gosta de dormir cedo, devido a vida noturna. Ficou surpreso? Jajá eu conto!

Particularmente, eu gosto de uma pousada mais simples e com cara mais de casa, me sinto mais confortável. A Pousada do Paulo, por exemplo, tem essa vibe, mas tem muitas outras como a Mona Lisa, a Vila Métisse, todas muito bem pontuadas no Booking. 

O que não falta é opção, tem as hospedagens mais simples e as mais equipadas, vai depender muito do seu estilo, no geral são todas muito legais, minha única dica é, observe as avaliações, dá para sacar muita informação importante nestes sites.

Restaurantes em Jericoacoara

Opa, chegamos em uma das minhas partes preferidas quando viajo, pois dá para conhecer um pouco o sabor da terra. Jeri tem muitos restaurantes e um é mais bonito que o outro e a comida, olha, não tem nem como falar, só sentir.

Se você estiver hospedado no Paulo já dá para comer no restaurante dele. Mas, tem muitos outros cantos como o Clube Ventos, o Komaki, o Rancho do peixe, o Éllo, o Bistrô Caiçara, o Serafim, O pescador, o Kaze, ufa e não é nem a metade deles. Minha dica é, vá na maior quantidade que puder.

Os meus queridinhos são a Casa Uca, para almoço, e o Tamarindo e o Na Casa Dela, para o jantar, além de ótimos pratos são bem aconchegantes e bonitos. O bom é que grande parte destes restaurantes têm perfil nas redes sociais e você sempre pode pegar boas dicas onde está hospedado. 

Jeeway Kan

Quantos dias é o ideal para conhecer Jericoacoara?

Esta é uma boa pergunta, mas a resposta vai depender do quanto você quer investir e do tempo que você tem, mas, a partir da minha experiência, eu indico no mínimo 4 dias, para aproveitar bem os passeios em Jericoacoara.

Veja só, a vila é um pouco distante, cerca de 1 hora de viagem do aeroporto e 6 horas de Fortaleza, de transporte terreno, então no primeiro dia você acaba por mal aproveitar a viagem, até porque tem os horários dos passeios (das 9 às 15) e pelo cansaço o mesmo que ocorre no último dia, assim, em 4 dias você tem o tempo suficiente para relaxar. 

O que fazer em 4 dias em Jericoacoara?

A primeira coisa que você tem que saber é que você precisa criar um roteiro do que você quer fazer, para usar bem cada minuto, pois, a região tem muitas opções e, às vezes, você pode acabar perdendo muito tempo em transporte enquanto visita pontos distantes.

Outra coisa é planejar o quanto quer gastar e como, quase todos os passeios são pagos e a cada dia que está na vila você tem que pagar R$5, este valor não é revertido em passeio, mas serve para a manutenção da comunidade. 

É tanta coisa que fica até difícil definir o melhor roteiro, pois eu amo todos os que fiz, e já amo todos os que vou fazer. Mas vamos lá então, mãos à obra.

Passeios em Jericoacoara - região

Uma opção interessante é dividir ou sua viagem ou seu dia por região. A gente pode dividir em quatro: Leste, Oeste, Praia e Vila. Algo que você deve observar é que em média os passeios são cerca de 6 horas no dia, das 9 horas às 15 horas, organize seu dia pensando nisso.  

Leste: Temos a Pedra Furada, A Árvore da Preguiça, Praia do Preá, o Buraco, Azul, Lagoa Azul, Lagoa do Paraíso, etc.

Oeste: Temos o Mangue do Guriú, as dunas, a lagoa de Tatajuba,  o Lago Grande, a Praia de Jericoacoara, a Praia Malhada, etc.

Praia: Têm a Praia de Jericoacoara, a Praia Malhada e esportes aquáticos.

Vila: Ruas, becos, praça, Igreja central, arquitetura das casas etc.

Dicas do que fazer por dia

Dia 1: Descanse da viagem e se organize. Se estiver muito cansado, procure um dos restaurantes que eu já indiquei acima, mas se estiver animado, dê uma volta pela vila e veja o pôr do sol de onde estiver, existe uma vibe noturna na vila bem legal, então dá para curtir muito.

Três locais bem animados para ir no fim da tarde e pegar a noite são o pôr do sol no Café Jeri e o Sambarock Café, ambos são bem bonitos, o primeiro tem uma pegada mais jovem, já o segundo é um espaço legal para comer e conversar. 

Dia 2:  Visite a região leste e se prepare para belas fotos, faça questão de conhecer a Pedra Furada. Aproveite a  tarde para conhecer a Vila e ver o pôr do sol, na Praia Principal ou na Praia Malhada. 

À noite você pode ir jantar em um restaurante como o Tamarindo ou ir ao Café Jeri/ no Sambarock Café, caso você não tenha ido na noite anterior. 

Dia 3:  Visite a região oeste, vale a pena ver o pôr do sol nas Dunas é uma atividade bem comum, todo mundo para o que está fazendo para admirar a beleza. 

À noite visite algum dos restaurantes. Algo que eu fiz muito em Jeri foi ir circulando e no restaurante mais animado parava, mas, caso não você não seja tão intuitivo, escolha um dos restaurantes que eu citei lá em cima. 

Dia 4: Para acabar esta viagem bem relaxado indico pegar uma praia na Lagoa do Paraíso, você pode ir de buggy, o ruim é que tem um tempo determinado, se você pegar uma jardineira, por exemplo, tu curte mais tempo de praia. 

Últimas dicas

Vá preparado, pesquise os cantos que eu indiquei, veja o que lhe chama atenção e anote, pelo menos, umas duas opções. Esteja aberto a experiência, não fique tão pilhado em cumprir o roteiro que você planejou, às vezes, sair da curva é bem mais interessante. 

Tire muitas fotos, você terá fotos lindas para postar e lembrar-se dos passeios em Jericoacoara. Por fim, se me permita! Aproveite o paraíso, e, se possível, mais de uma vez!

Foto de capa: Julio Honda
 

comunidade.triphero
felinathalia
felinathalia Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você