[ editar artigo]

O que fazer em Gramado, um pedacinho da Europa no Brasil

O que fazer em Gramado, um pedacinho da Europa no Brasil

A arquitetura colonial e o climinha frio da Serra Gaúcha fazem de Gramado um pedaço europeu no Sul do Brasil

Posso te dizer, sem medo de errar, que minha viagem para Gramado foi uma das melhores da minha vida. Viajar sempre foi uma paixão e conhecer a Europa era um sonho. E não era porque a grana estava curta para sair do país que eu ia deixar de me aventurar, né?

Em uma pesquisa rápida, eu descobri: se eu queria conhecer a Europa, mas estava com o orçamento apertado, era para Gramado que deveria ir. Inspirada nos dias incríveis que passei na Serra Gaúcha, montei um roteiro sobre o que fazer em Gramado para você.

Espero que ele te anime a arrumar a mala e passar dias maravilhosos na cidade mais europeia do Brasil. Confira minhas dicas de hospedagem, restaurantes, passeios que eu garanto que você vai amar!

Como chegar em Gramado

Rodrigo Rosatti

As duas formas mais comuns de se chegar a Gramado é pousando no aeroporto de Caxias do Sul ou de Porto Alegre e fazer o resto do caminho de ônibus, transfer, táxi ou carro alugado. Pesquisei bastante o custo benefício e vou te contar o que fiz e o porquê é a melhor opção.

Quando comecei a procurar passagens imaginei que seria mais econômico pegar um voo para Caxias do Sul por a cidade ser proximidade a Gramado do que a capital. Logo descobri que não é bem assim: mesmo mais distante, o aeroporto de Porto Alegre é mais central.

O que quer dizer que os voos são mais em conta e existem mais opções de trajeto aeroporto/Gramado, o que aumenta  o custo benefício. Então já no aeroporto de Porto Alegre, segui para Gramado com um transfer do hotel que estava incluso na hospedagem.

Onde se hospedar

Por isso, o momento de comprar as passagens e decidir sobre a hospedagem é bem importante. Ao fazer as escolhas juntas, consigo economizar mais. Por isso, quando fechei o hotel, também contratei o serviço de transfer, o que deixou minha viagem mais cômoda.

Para mim, essas são as prioridades em qualquer viagem: economia e comodidade. Por isso vou indicar opções de hospedagem pensando nesses dois fatores.

Em Canela

Hotéis ou pousadas em Canela costumam ser mais baratos porque a cidade fica a 17min de Gramado e os valores por lá costumam ser mais baixos. Além disso, existem várias opções de transporte entre elas, o que melhora o custo benefício:

  • Ônibus intermunicipais;

  • Ônibus de turismo;

  • Táxis;

  • Transporte por aplicativo;

  • Carros de passeio;

  • Aluguel de carros;

Eu gostaria de dar destaque à Pousada Charm Canela, que  é um encanto de lugar. Além de ser pet friendly, oferece café da manhã e faz a venda de diversos passeios no hotel. São 9km dele para o centro de Gramado, então o transporte fica bem em conta.

Em Gramado

Hospedagem em Gramado econômica geralmente dá para encontrar distante do centro, onde os valores costumam ser bem mais altos. Na minha viagem particularmente eu preferi me hospedar em Gramado, mas distante do centro, para aproveitar a cidade e gastar menos.

Escolhi me hospedar na Pousada Lanai, no bairro da Floresta, a cerca de 1,5km do centro de Gramado. Acredite, ainda que seja uma distância curta, faz toda a diferença no valor da hospedagem. A pousada é bem aconchegante e oferece o serviço de transfer do aeroporto.

Se você pretende se hospedar no melhor hotel do mundo, essa é a oportunidade perfeita! O O Hotel Colline de France ganhou nada menos do que o prêmio Travellers’ Choice, do TripAdvisor, como melhor do mundo! 

Ele fica bem pertinho do centro da cidade e conta com uma estrutura de tirar o fôlego. Você vai se sentir em uma vila francesa em uma das 34 suítes. Isso sem contar no restaurante, que oferece o que há de melhor da gastronomia de paris, além do spa com uma série de terapias corporais.

Mais comodidade

Agora, se você tá com uma folga no orçamento e prefere priorizar a comodidade, eu ouvi falar maravilhas da Pousada Bernadate. Ela fica na Rua Augusto Zatti, uma localização bem central, a aproximadamente 200 metros da Av. Borges de Medeiros, onde tudo acontece.

Oferece aquele tão desejado café da manhã em estilo colonial, que já é tradição em Gramado, além de opções de suíte com hidromassagem. Já pensou? Sério, é um sonho! Já decidi que vou me planejar para voltar a Gramado e é lá que vou me hospedar.

Dicas de restaurantes

Quando pesquisei sobre o que fazer em Gramado, descobri que amaria conhecer os restaurantes temáticos da cidade e, de fato, gostei muito. Eles entregam muito entretenimento e são um verdadeiro show de cultura. Vou indicar os meus preferidos:

Hard Rock

Carlos Alcorta

Como ouvinte do bom e velho rock n’ roll, não podia deixar passar a oportunidade de conhecer o Hard Rock Café de Gramado. O lugar é grande e lindo! São três pavimentos e mais de 300 lugares, dá um tour e confere o visual porque hoje é dia de rock, bebê!

No primeiro pavimento tem o bar, várias mesas, uma lojinha e uma vitrine com peças de roupas de artistas expostas, o palco e banheiros. No segundo e terceiro andar ficam mais mesas e mais artigos de lendas do rock expostas nas paredes. Já estou com saudade.

Piratas

Cheguei em Gramado querendo conhecer o famoso show pirata do Cara de Mau e é um espetáculo realmente. O estabelecimento é dividido em dois ambientes com decorações diferentes: o Porto e o Navio. Em ambos são servidos rodízios de pizzas doces e salgadas.

O “dinner show”, como são chamadas as apresentações, acontecem sempre às quintas feiras. Ah! Uma dica: é bom fazer a reserva com antecedência, porque além do lugar ser bem requisitado, ainda pode rolar um descontinho. Vale a pena colocar ele no seu roteiro!

Magia

Se você também é apaixonado pelo mundo bruxo, precisa conhecer o Hector Pizzaria. O lugar por si só já é um espetáculo e a experiência de me sentir dentro do mundo bruxo foi impagável. Além disso, ele tem 5 estrelas no TripAdvisor. Não é para qualquer um não, hein?

E o que mais me impressionou é que o lugar tem iluminação e sonoridade especiais em todos os três salões. É tudo muito bem pensado. Ah! A comida é deliciosa também, especialmente a pizza doce de torta de limão. De longe, um dos melhores lugares que fui.

Os melhores passeios

Se tem uma coisa que Gramado tem opção é de roteiro para passeio temático: se você é religioso, se vai com criança, se está a pé, tem para todos os gostos. Particularmente eu amei fazer a rota da cerveja, são três cidades visitadas e muita degustação. É uma delícia!

Mas se você quer o meu melhor conselho, lá vai: na lista de o que fazer em Gramado não pode faltar a visita ao Snowland, o Parque de Neve de Gramado. Ele é o maior parque indoor da temática das Américas. Eu não conhecia a neve e fiquei em estado de maravilha.

Como visitar o Snowland

Meu conselho é separar um dia inteiro para conhecer cada pedaço do Snowland em Gramado. Ele é bem grande, tem muitas opções de entretenimento e vale a pena aproveitar com paciência e tempo livre. Tem pista de patinação, cinema 7D, café e muito mais.

Ele fica localizado na Linha Carazal, estrada de Gramado para Nova Petrópolis, e da pousada que eu me hospedei para lá é pertinho, cerca de 15 minutos de carro. Te indico só comprar o ingresso com antecedência porque esse é um dos rolês mais concorridos de Gramado.

O que fazer à noite em Gramado

Como eu gosto de um roteiro romântico, quando penso em o que fazer em Gramado à noite não me vem outra coisa à cabeça senão aproveitar uma noite suíça com fondue e muito vinho. Na minha viagem conheci o Vue de la Vallée e o famoso Le Chalet de la Fondue.

Esse último é especializado em fondue, já foi premiado pela gastronomia e ostenta o selo de excelência do TripAdvisor. E posso dizer que ele fez por merecer a fama e o prêmio. Além do ambiente ser lindo e bastante acolhedor, o fondue é de comer rezando.

E aí, vamos para Gramado?

Anotou direitinho onde se hospedar, onde comer e o que fazer em Gramado? Com minhas dicas, não tem erro, você vai fazer uma viagem incrível assim como a minha. Para terminar gostaria de deixar registrado meu grande parceiro de todas as aventuras: a TripHero.

Sério! O seguro viagem já me salvou de muita roubada e me faz viajar sempre com mais tranquilidade por saber que tenho com quem contar caso alguma coisa saia do controle. A TripHero me acompanha onde quer que eu vá e eu não poderia deixar de indicar para vocês.

Visite o site e faça a sua cotação, em 30seg você acha um plano perfeito para você. Depois é arrumar as malas e subir a Serra Gaúcha. Boa viagem!

Foto de capa: Tania P Ortiz

comunidade.triphero
felinathalia
felinathalia Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você